Notícias

Uma empresa sempre à frente do seu tempo

Postado dia 21/08/2017

CNH Digital será implantada até Fevereiro de 2018

CNH Digital será implantada até Fevereiro de 2018

No final do mês de julho, o Contran aprovou um projeto que criou uma versão digital da CNH a partir de fevereiro de 2018. Ontem, o Conselho publicou a Resolução No 687, que antecipou o prazo para a entrada em vigor da CNH-e: a data agora é até 1º de fevereiro de 2018, e não mais a partir deste dia.

Segundo o Ministério das Cidades, a antecipação do prazo se deu por conta da conclusão do aplicativo da CNH-e e do projeto piloto, que acontecerá no estado de Goiás a partir de setembro deste ano. Isso significa que, até fevereiro do ano que vem, o Detran de cada estado do país deve estar pronto para emitir a versão virtual da carteira de motorista.

Fonte: Revista Auto Esporte

Continue Lendo

Postado dia 14/08/2017

Como vender o seu carro do jeito mais rápido pela internet

Como vender o seu carro do jeito mais rápido pela internet

A população, cada vez mais conectada, mudou a maneira de comercializar um usado. Quer negociar seu veículo da forma mais eficiente? Nós ensinamos

Para quem quer vender seu carro usado, a melhor maneira hoje é uma só: um anúncio online. Mas não se engane ao achar que isso é fácil de fazer.

Um erro na descrição ou a má qualidade da foto podem estragar tudo. “A internet trouxe praticidade para o dia a dia, mas também requer rapidez de quem deseja fazer negócios com ela.

O processo de venda deve ser encarado com seriedade e dedicação”, explica Fernando Miranda, CEO da Webmotors.

Segundo Marcos Leite, diretor da OLX, metade dos anúncios são vendidos em até nove dias, e uma em cada três vendas ocorre em cinco dias. Essa rapidez está ligada à qualidade do anúncio.

“O modelo ideal deve ter fotos que mostram detalhes, um bom título e uma descrição curta e objetiva. Assim, a possibilidade de conversão aumenta consideravelmente mesmo para carros com baixa liquidez”, diz.
O anúncio perfeito

Os dois maiores sites de anúncio online do país, Webmotors e OLX revelam quais são os principais segredos para conseguir revender seu usado no tempo e preço desejados.

Descrição ideal

O anunciante deve ser objetivo e resumir as qualidades do seu carro num texto de 100 a 150 caracteres.

Algumas informações não podem faltar: revisões, quilometragem e danos no veículo – seja sempre honesto quanto aos defeitos, para não gerar frustração na hora das visitas.

Também é importante mencionar se rodou mais na cidade ou na estrada e se foi de um único dono. Ser sincero é parte importante do papel do vendedor.

Frases marqueteiras como “oportunidade única” e “ótima compra” só pesam contra a confiabilidade do conteúdo publicado.

Responder rapidamente

Não basta anunciar o carro e checar as mensagens só ao final do dia. O ideal é que uma proposta tenha sua primeira resposta em até duas horas.

Isso manterá o interesse do comprador em alta e, segundo os sites de anúncio, aumenta consideravelmente a possibilidade de venda.

Quantidade de fotos

As estatísticas mostram que colocar entre quatro e sete fotos gera a melhor conversão em vendas.

Se inserir menos, fica incompleto; se usar mais, pode dispersar a atenção. Procure evidenciar todos os ângulos, interior e porta-malas.
Venda rápido sem anúncio

Criada no fim de 2015, a InstaCarro virou uma opção popular em São Paulo para quem tem pressa. Ela promete vender seu carro em apenas uma hora e meia.

O segredo é que o veículo participa de um leilão online com lojistas – atualmente há 1.500 empresas cadastradas. A desvantagem desse processo é o preço abaixo do mercado. Afinal, a loja precisa pagar menos para depois revender o usado para um consumidor final.

Teste prático

Para entender como ele funciona na prática, fui testar o serviço como consumidora anônima. Marquei o atendimento pelo site e levei meu Fiat Uno Way 1.0 2012 à unidade do bairro de Santana num sábado de manhã.

Avisaram que o valor deveria variar de R$ 16.000 a R$ 20.000 (sua tabela Fipe é de R$ 22.417). Pediram chave, documento e que eu aguardasse em outra sala.

Após uma hora e meia de espera, o consultor me chamou e contou como foi o leilão virtual: meu carro recebeu 32 lances e o melhor preço foi de R$ 18.900.

Confira as dicas dos consultores da empresa para fechar um bom negócio:

Não conserte pequenos amassados: o ideal é não mexer em nada que envolva funilaria. Para os lojistas, é melhor ver quais são as imperfeições do que descobrir um reparo mal feito.

Carro difícil de revender: se você tiver um modelo com pouca aceitação, prefira ir durante a semana, para ter pouca concorrência. No fim de semana, é mais fácil haver um similar ao seu.
Como fazer boas fotos

Dicas para que o seu carro usado não perca a pose na hora de ser negociado

1. Melhor aparência

Antes de sair clicando, é preciso dar ao veículo uma boa presença. Lave e passe cera, para deixá-lo com a melhor aparência. Outro ponto que atrai possíveis compradores é a limpeza de detalhes internos.

2. O local exato

As fotos não devem ser feitas em um lugar escuro nem sob sol forte. O equilíbrio pode ser encontrado em uma garagem ou estacionamento abertos, com poucas sombras. A dica não vale para o interior, que precisa de luz para revelar detalhes.

3. Ângulos obrigatórios

As fotografias devem mostrar o perfil dianteiro e o traseiro do carro, além da frente e da traseira chapadas. Imagens do interior que mostram bancos, painel e console são indispensáveis, assim como o motor. Ao registrar o painel, apoie a câmera no encosto do banco, para não deixar a foto tremer.

Fonte: Revista Quatro Rodas

Continue Lendo

Postado dia 08/08/2017

Os SUVs campeões de venda em cada estado do Brasil

Os SUVs campeões de venda em cada estado do Brasil

Não é preciso estar por dentro do setor automotivo para perceber o sucesso dos SUVs no Brasil. Com 21,4% do mercado em 2017, contra 17,5% em 2016, eles representam o segundo maior segmento, atrás apenas dos compactos de entrada.

Mas, se no Brasil eles são unanimidade, quais são os utilitários esportivos preferidos de cada estado?

Apesar de ameaçado, o território brasileiro ainda é do Honda HR-V. Além de grandes mercados como São Paulo e Rio de Janeiro, o japonês lidera em regiões onde rivais de redes menores (caso dos Jeep) quase não chegam, como no Norte do país.

Segundo a consultoria Jato, em Roraima, onde a Jeep não tem concessionária instalada, ele detém 23,7% do mercado de SUVs.

Por outro lado, apesar de o Honda ser o mais vendido em dez estados (DF, MS, AC, AM, PA, RO, RR, PB, RJ e SP), o Jeep Compass lidera em 12 (GO, MT, AL, CE, MA, PE, PI, RN, SE, RS, PR e SC), reinando no Nordeste, Sul e Centro-Oeste por, segundo a marca, oferecer uma configuração a diesel.

Na Bahia, onde o Hyundai Creta lidera com 18,1% dos SUVs, o HR-V é só o quarto colocado. O coreano também domina em Tocantins e Espírito Santo.

Já o Jeep Renegade vai a extremos: é o mais vendido no Amapá (terceiro mercado de menor volume) e em Minas (segundo maior mercado), com 26% dos 9.350 SUVs vendidos.

Fonte: Revista Quatro Rodas

Continue Lendo

1|2|3|4|5|

Lojas

Av. Almirante Adalberto Barros Nunes Nº 2896 - Belmonte - Volta Redonda - (24) 3346-7377
Av. Sérgio Braga nº 509/521, Ponte Alta - Volta Redonda - (24) 3342-2028  |  (24) 3342-0406
Av. Paulo Erlei Abrantes nº 8500 - Três Poços - Volta Redonda - (24) 3340-2150